Conversação em francês: 5 dicas para melhorar a sua!

Aprender uma nova língua é sempre muito interessante.

Porém, envolve muita dedicação para produzir escrita correta, conversação, escuta e aquisição do vocabulário, com intuito de conseguir manter diálogo e leitura com fluidez na língua.

No caso do francês, o idioma foge das palavras estrangeiras “comuns” do nosso dia a dia, que envolvem principalmente o inglês e o espanhol. Assim, o estudante deve se familiarizar o máximo com o idioma para conseguir manter uma boa conversação em francês, ler sem grandes problemas e desenvolver tanto o ouvido quanto a pronúncia.

1. Treine o ouvido

Antes de tudo, é essencial que você treine os ouvidos para receber a língua. Afinal, se não conseguir distinguir sons, pronúncia, variações em cada sílaba e tonalidade, fica mais complicado captar o sentido da frase e, consequentemente, entendê-la.

Para isso, você pode começar ouvindo CDs e podcasts programados com diálogos entre personagens, filmes e séries originais francesas (acompanhados da legenda em português ou mesmo francês), videoaulas voltadas para treinar a audição ou músicas em francês que despertem seu interesse.

Todas as opções envolvem muita atenção. Se for necessário, consulte o dicionário para entender sentenças e palavras.

2. Entreviste a si mesmo

Depois de treinar seu ouvido, tente entrevistar a si mesmo e veja se consegue formular perguntas e respostas. Para isso, você pode falar sobre os mais diversos assuntos, como:

  • gostos pessoais, direcionando as perguntas cada vez mais específicas;
  • atualidades e notícias novas;
  • entretenimento e preferências;
  • características físicas e emocionais.

O importante é criar uma gama de perguntas, para que você trabalhe a variedade de respostas. Essa é uma grande dica para melhorar a pronúncia, o vocabulário, a fluidez no discurso e se preparar para diálogos diversos na conversação em francês.

3. Interaja com falantes fluentes

Conversar consigo mesmo e testar seus aprendizados é algo sempre bom, mas há limites para cada indivíduo. Então não se prenda às entrevistas e aos monólogos e converse com outras pessoas! Uma opção é criar diálogo com nativos ou pessoas que dominem muito bem a língua. Para isso, você pode optar por:

  • aulas de conversação em francês presenciais;
  • treinos online com professores capacitados;
  • contatos estrangeiros a partir de amigos, sites ou aplicativos e, a partir disso, conversar por áudios ou plataformas, como Skype, FaceTime ou WhatsApp.

Se você conhece alguém que saiba francês, não desperdice a chance e marque um almoço ou uma conversa que possa ser elaborada no idioma estrangeiro. Além disso, se possui interesse em buscar contatos, grupos de bate-papo ou sites que conectam pessoas, estes podem ser fontes de qualidade. Tente, por exemplo, acessar o Meetspeak ou My Language Exchange.

4. Teste opções de aplicativos

Outras opções além de sites e encontros pessoais são os queridos aplicativos. Há diversos apps desenvolvidos com intuito de aprimorar o francês, como:

  • Memrise: usado para ajudar na memorização, oferece conteúdo amplo dividido em categorias, com forma interativa para o usuário. Além disso, finaliza cada lição com um teste final;
  • Forvo: ideal para melhorar a conversação em francês, ajuda a entender a pronúncia de cada palavra. Para isso, basta digitar o conceito para ouvir a pronúncia nativa.

Os aplicativos, além de oferecerem ótimos resultados, permitem o treino em lugares diferentes e o aprendizado de forma interativa, ensinando e divertindo ao mesmo tempo.

5. Saia da zona de conforto

Não adianta listar inúmeras plataformas de ensino, criar entrevistas, baixar 30 aplicativos e montar uma playlist em francês se você permanece em sua zona de conforto.

O aprendizado depende muito do estímulo, e, para isso, você precisa investir em novos vocabulários, construções de frases e assuntos com os quais não possui tanta familiaridade. Assim, é essencial que, para cada dica, você desenvolva desafios pessoais e comece a conhecer coisas novas, que permitam melhorar sua conversação em francês.

Além disso, cursos de língua ajudam na fluência e no aprendizado de qualidade. Para isso, escolas de renome como a Autrement Dir devem ser cogitadas para um ensino completo e com ótimos resultados.

Gostou das dicas para melhorar sua conversação em francês? Então aproveite e baixe nosso guia básico para conversação em língua francesa!
FO_CTA_eBook09_EnriquecaVocabulario

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.