Técnicas para não cair no platô intermediário do aprendizado de francês!

Tudo que você queria era poder garantir que seu segundo idioma é de nível avançado, mas não consegue ter segurança suficiente para fazer a afirmação e acaba sempre se considerando em nível intermediário?

Assim como você muitos falantes e/ou estudantes vivem o famigerado “platô intermediário” – que nada mais é do que a estagnação do aprendizado de uma língua estrangeira.

No caso do francês esse processo é ainda mais comum devido a um equivocado senso comum de que é uma língua difícil de dominar.

Preparamos esse post para apresentar algumas técnicas para memorizar e auxiliar você a não se perder no patamar intermediário de aprendizado da língua francesa, ou qualquer outra.

Contextualize!

Não aprenda uma lista de palavras soltas, como se estivesse decorando um dicionário. Procure criar relações, ambientar as palavras em contextos próximos aos reais facilitam muito a memorização.

Nosso cérebro tem maior facilidade de assimilação de coisas aplicáveis ao cotidiano do que das construções muito subjetivas.

Se você consegue se projetar na situação que está descrevendo ou visualizando em outro idioma, certamente não esquecerá das palavras utilizadas.

Crie suas definições para as palavras

Mesmo que o seu nível não seja muito avançado, tente escrever sua própria definição de algumas palavras no idioma que está estudando.

Dessa forma você exercita e aprimora sua escrita assim como começa a desenvolver estruturas mais pessoais para o aprendizado.

Facilita de ser lembrada um organização que é de sua autoria.

Se tiver dificuldade em fazer a seleção das palavras que deseja escrever, recorra a músicas, elas são ótimas para ajudar a memorizar e ainda descontraem seu momento de estudo.

Troque o idioma sempre que possível

Quando for assistir a filmes, navegar nas redes sociais, flertar em aplicativos ou até mesmo jogar vídeo game aproveite essas oportunidades para praticar o francês. Mude todas as legendas e áudios para a língua francesa.

Você estará aprendendo de maneira divertida e sem perceber. Não é a melhor forma de aprender uma nova língua?

De início, deixe apenas a legenda no francês, depois de adquirir mais prática, você poderá ficar só com o áudio.

Opte por filmes ou séries que abordem conteúdos do cotidiano para facilitar sua compreensão.

O ideal é que a língua francesa seja naturalizada em sua rotina, ou seja, termos técnicos ou assuntos muito específicos podem não ser a melhor indicação para que está no início da jornada de aprendizado.

Fale! Gaste todo o seu francês!

Isso ajuda muito! Como o francês exige movimentos da boca bem diferentes, quanto mais você treina melhor o seu resultado. E quanto mais você se ouve maiores as chances de se corrigir e evoluir.

Teste essas técnicas, descubra quais delas melhor se encaixa no seu perfil. Mantenha sua motivação em alta e procure aprender se divertindo.

Crie uma rotina, o ritmo é você quem determina, mas é importante ter frequência, foco e determinação.

Gostou das técnicas para estudar Francês e quer ficar por dentro de mais dicas como essas? Então baixe agora mesmo o e-book “Práticas efetivas para aprender Francês no dia a dia” e fique por dentro das novidades!

 

fo_cta_ebook_praticasfrances

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.