Como pensar em francês vai te ajudar a aprender o idioma

Se você é daquelas pessoas que precisa de uma ajuda extra ao aprender uma língua estrangeira, que tal condicionar seu cérebro a pensar nesse idioma? Esse é um método que te ajuda muito a aprender uma língua, e vários estudantes podem se beneficiar dele. Para aprender francês por meio desse método, basta colocar em prática algumas dicas! Confira:

1. Assista a filmes em francês, com legenda em francês

Apreender vocabulário, entonação e construções gramaticais é essencial para o aprendizado de francês. E isso é um exercício que você faz sozinho(a), enquanto assiste a um filme em francês, ou ouve a letra de uma música. Procure refletir sobre o que os personagens e autores querem dizer com aquelas obras e internalize cada vez mais aspectos da língua dessa forma. Veja aqui 5 dicas de filmes em francês que podem te ajudar nessa tarefa!

Além disso, outra forma de treinar seu francês por meio de filmes é participando de nosso ateliê Francês na Tela! Confira aqui os horários e condições de matrícula.

2. Leia textos e notícias para aprender francês no dia a dia

Outra maneira de aprender individualmente o francês e reforçar o vocabulário exposto em sala de aula é por meio da leitura diária de temas de seu interesse na língua estrangeira. Enquanto lê, procure pensar sobre a pronúncia e a forma de leitura de cada frase escrita. Esse exercício faz com que sua leitura fique afiada, ajudando também na pronúncia e na compreensão dos textos.

Já ouviu podcasts de notícias em francês? Para treinar no dia a dia e ainda se informar sobre as principais notícias do mundo, ouça aqui o Journal en Français Facile, da RFI!

3. Trânsito? Caminho de casa? Experimente criar diálogos em francês em sua mente

Aproveite todo o tempo vago para treinar seu francês, seja no carro, no ônibus, ou até mesmo quando estiver caminhando. Nesses momentos, experimente criar em sua mente os diálogos aprendidos em sala de aula. Essa é uma forma de fixar o vocabulário e as lições de gramática aprendidas. E o que é mais importante: não se preocupe com erros! Afinal, só você estará ouvindo seus próprios pensamentos!

4. Evite traduzir simultaneamente e aja mais instintivamente, de acordo com o contexto

Uma coisa que nos impede de ter fluência efetiva no idioma é o hábito de traduzir todas as palavras a que somos expostos. Pense em um contexto de fala em português: não é preciso compreender cada uma das palavras ditas para ter uma conversa com alguém. É possível explicar de outras formas, compreender significados por meio do contexto, da entonação, etc. Isso também é verdade no francês! Por isso você deve pensar em contextos de comunicação quando estiver treinando a língua em sua mente. Reflita sobre sua entonação e nas expressões faciais referentes a cada frase.

5. Visualize uma conversa imaginária

Nosso cérebro é uma máquina extremamente poderosa e imaginativa. Muitas vezes, imaginar algo tem o mesmo efeito que experimentar essa mesma situação no mundo real. É justamente aí que o conceito de visualização pode ajudar alguém a aprender um idioma como o francês. Quando estiver no trânsito, ou sozinho(a) em casa, experimente viajar para outro lugar (Paris, ou Québec, por exemplo). Imagine como são as ruas, os aromas, os sotaques dos nativos… Todas essas informações ajudam seu cérebro a contextualizar uma conversa imaginária em francês, de forma incrivelmente real. Seu poder de memorização acaba ficando mais aguçado dessa maneira!

O que você achou sobre esse método para aprender francês? Experimente colocar em prática nossas recomendações sobre como pensar nesse idioma e compartilhe com a gente como foi! Participe! 😉

FO_CTA_eBook10_AprenderIdiomas

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.