Roteiro para os feriados de 21 e 23 de abril no Rio

Confira um roteiro para curtir os feriados de 21 e 23 de abril na Cidade Maravilhosa e melhorar o seu francês. 😉

21 DE ABRIL

Exposição “Rio, uma paixão francesa” – de 14 de abril e 9 de agosto de 2015.

O Museu de Arte do Rio traz à cidade uma seleção de 75 fotografias e vídeos que, provenientes dos acervos das mais respeitadas instituições francesas – Centre Pompidou, Maison Européenne de la Photographie, Société Française de Photographie e Musée Nicéphore Niépce –, retratam o Rio de Janeiro por ângulos originais e singulares. A exposição fica em cartaz de 14 de abril e 9 de agosto.

Exposição “O Rio de Janeiro de Debret” – de 5 de março a 3 de maio de 2015.

Aquarelas do artista francês Debret estão em exposição no Centro Cultural Correios. São 120 obras originais que retratam o dia a dia do Rio de Janeiro durante a época que o artista viveu no Brasil. Com entrada gratuita, a exposição pode ser conferida até o dia 3 de maio.

23 DE ABRIL

Mostra “Cine Doc Fr” – de 21 de abril a 3 de maio de 2015.

A Caixa Cultural apresenta a Mostra de Cinema Documentário Francês Contemporâneo, que traz ao Brasil 25 documentários produzidos nos últimos 25 anos na França (alguns inéditos no Brasil!). Entrada: R$4,00.

Mostra “Clássicos do Cinema Francês” – de 23 a 29 de abril de 2015.

Durante sete dias, a partir de 23 de abril, você poderá ver e rever 15 clássicos do cinema francês em cópias restauradas no cinema Estação NET Botafogo. Todas as sessões estão com preço especial: R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia).

  • A Grande Ilusão, de Jean Renoir;
  • O Boulevard do Crime, de Marcel Carné;
  • Os olhos sem rosto, de Georges Franju;
  • Desejos Probidos, de Mac Ophuls;
  • Zero de Conduta, de Jean Vig;
  • O Demônio da Argélia, de Julien Duvivier;
  • Os Guarda-Chuvas do amor, de Jacques Demy;
  • O Demônio das Onze Horas, de Jean-Luc Godard;
  • O Carrossel da Esperança, de Jacques Tati;
  • Amores de Apache, de Jacques Becker;
  • O Desprezo, de Jean-Luc Godard;
  • A Viagem à Lua, de Georges Méliès;
  • Van Gogh, de Michel Pialat;
  • French Can Can, de Jean Renoir;
  • O Batedor de Carteiras, de Robert Bresson.

Bom feriado! 🙂

FO_CTA_Apresentacao_oficial

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.