Aprendendo francês: entenda por que não é tão difícil

Ao contrário do que muitos estudantes imaginam, aprender francês não é uma tarefa tão difícil. Assim como o aprendizado de qualquer outra língua estrangeira, ele exige disciplina, prática e estudo. No entanto, existem diversas similaridades entre o francês e o português, sejam elas de vocabulário ou de gramática, o que facilita muito a vida do aluno. Além disso, há outras razões pelas quais você não precisa passar dificuldades quando estiver aprendendo francês. Confira:

1. Há muitas similaridades com o português

Por ser uma língua de raízes latinas, assim como o português, o brasileiro está preparado para absorver com rapidez o conteúdo fonético e gramatical do idioma francês. Percebemos com facilidade a presença de muitas semelhanças com o português.
Várias palavras têm grafia parecida e o mesmo significado em ambas as línguas, como “hôpital” (hospital), téléphone (telefone), cinéma (cinema). Nossos tempos verbais são relativamente parecidos, com conjugações na 1ª, 2ª e 3ª pessoas.
Além disso, diferentemente de falantes do espanhol, nós brasileiros, reconhecemos imediatamente o “c cedilha”, mesmo que por algumas vezes você estranhe sua presença no início da palavra, reconhecemos a fonética por utilizarmos rotineiramente e com isso internalizamos com familiaridade.

2. Muitas palavras em inglês vieram do francês

Talvez você não saiba, ou nunca tenha parado para pensar sobre isso, devido naturalização do fato de ter que aprender a falar inglês, mas o idioma de Shakespeare também recebeu inúmeras influências da língua francesa.
Você já fala inglês? Caso sim, saiba que está aí mais uma facilidade para o aprendizado do francês. Não só a grafia ou a semântica, muitas vezes até mesmo sua pronúncia decorre do francês, então quem já tem um pouco de conhecimento vocabular do inglês terá menos dificuldades quando estiver nas aulas de francês. Veja alguns exemplos: money (monnaie), aisle (allée), jurisdiction (juridiction), diplomacy (diplomatie), television (télévision), carrot (carotte).

3. Há uma lógica na gramática, bastante parecida com a nossa

Dissemos isso no primeiro item, mas é importante ressaltar que a lógica gramatical francesa é bastante parecida com a nossa. Também há conjugações com três pessoas diferentes, no plural e no singular. Além disso, alguns tempos verbais são os mesmos, e as diferenças entre um e outro seguem um padrão, assim como no português. Com o tempo, o estudante acaba desenvolvendo mecanismos de substituição e fica fácil adaptar seus conhecimentos do português para o francês. Por exemplo, enquanto os substantivos em português costumam ser finalizados com “ção”, em francês eles terminam em “tion”: détermination, compilation, situation,etc.
A estrutura frasal – ou seja, a sintaxe – do francês e do português é outro ponto a ser acrescentado à lista de semelhanças entre os idiomas. Sendo assim, seguir o mesmo esqueleto “sujeito + verbo + complemento” ( sujeito e predicado) facilita muito a vida do aprendiz!

4. A pronúncia é mais fácil do que você imagina

Tudo bem que a pronúncia em francês parece extremamente difícil à primeira vista, mas há padrões que facilitam a vida do estudante, principalmente para quem fala português. O que parece ser muito difícil por escrito acaba se tornando fácil quando você encontra esses padrões.
Quando temos vogais juntas a pronúncia muda. ‘A’ tem som de mas ‘AU’ tem som de , como em oiseau (“uasô”) e em bateau (“batô”). Difícil né?
Nem tanto, em francês a pronúncia de “Australie” é: que em português é “Austrália”. Eu posso usar a palavra “Ostra” em português para me ajudar a lembrar disso.
De fato se você quiser ser fluente em francês aprenda a pronunciar corretamente as vogais e principalmente as diversas associações delas nas palavras como o ‘OU’ e o ‘EI’ .
Esse é um aprendizado que só se adquire praticando, então treine sempre, mas respeite seu tempo. Você até hoje não aprendeu tudo de português, com o francês não será diferente.

5. Francês tem o mesmo alfabeto que o português

Quando você aprendeu a falar, sua língua materna, ainda não sabia ler e mesmo já sabendo falar precisou ser alfabetizado em seu idioma. Quando decide aprender um idioma estrangeiro é mais simples que tente seguir a mesma trajetória, ou seja, comece a aprender a falar para depois se alfabetizar.
Já imaginou aprender chinês, ou árabe? Essas são algumas das línguas mais faladas no mundo atualmente, mas nem por isso elas deixam de ser mais difíceis para os estudantes. A principal razão é que elas possuem um alfabeto e forma de organização gramatical completamente diferentes da nossa. Para latino-americanos, fica mais fácil aprender línguas de origem latina (francês, italiano, espanhol e português), já que elas têm praticamente o mesmo alfabeto.
Assim, sendo você já alfabetizado com o mesmo alfabeto da língua que está aprendendo, ou seja, já conhecendo a fonética da maioria dessas letras em português, terá menos dificuldades ao estudá-lo em francês e associá-lo ao que seus ouvidos já estão adaptados.

6. Francês é uma das línguas mais faladas no planeta

Para facilitar o aprendizado do idioma quanto mais contato com a língua melhor. Então ser uma língua tão popular e importante mundialmente faz toda a diferença.
Você não terá dificuldade em encontrar livros, filmes, músicas e principalmente pessoas falando francês seja lá em que país estiver. Principalmente se você estiver inserido num organismo internacional ou no mundo corporativo. Há multinacionais francesas espalhadas pelo mundo todo e esse grande universo francófono descomplica ainda mais o aprendizado.
É bastante comum você esbarrar com um francês passando férias aqui no Brasil, ter um colega de faculdade ou trabalho que passou alguns anos na província de Quebec ou ainda atuar em uma empresa que negocie com outras de origem francesa, enfim, são tantas as possibilidades que incentivam o aprendizado que o difícil é não se interessar por aprender.

O que achou? Deu para entender nossas dicas de como facilitar seus estudos de francês? Aproveite essas informações e comece já a aprender! Deixe aqui também seu comentário ou sugestão sobre o porquê do francês ser uma língua de fácil aprendizado. Participe! 😉

FO_CTA_eBook08_GuiaConversacao

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.